Dicas para viajar com o dólar em alta | Ds Câmbio e Vistos

Dicas para viajar com o dólar em alta

Dicas para viajar com o dólar em alta

Ainda no ano de 2014, o preço do dólar dava sinais de que dificultaria os planos de viagem para 2015, no entanto, poucos podiam prever o dólar acima dos R$3,00. Quem pretendia viajar com certeza repetia consigo a pergunta: “Devo abortar os planos de viagem este ano?” saiba que a resposta é não, não precisa cancelar nada. É possível fazer uma ótima viagem ainda que o dólar esteja a um preço no mínimo desconfortável.
Tudo passa por uma questão de educação financeira. Algumas estratégias simples permitem economizar um tanto aqui, outro tanto acolá, e na somatória geral esta economia garantirá a viagem que estava planejada. Veja algumas dicas:

Como viajar com o dólar em alta?

1 – Compre moeda aos poucos para economizar no câmbio.

Uma estratégia que pode significar uma economia considerável é comprar moeda estrangeira aos poucos, com antecedência, aproveitando justamente os momentos de queda, obtendo uma boa economia na média. Quem deixa para comprar moeda na última hora, não tem escolha, pagará o preço da época, estando a moeda em alta ou não. Veja mais detalhes sobre como economizar comprando com antecedência neste post.

2 – Viaje sabendo quanto vai gastar

Faça um planejamento detalhado da viagem para saber quanto vai gastar. Leve quantia em dinheiro de acordo com os valores que estabeleceu. Os cartões de viagem pré-pagos são um excelente aliado para a previsibilidade de gastos. Comprando a moeda com antecedência e recarregando o cartão é possível saber quanto irá gastar, além disso o valor pago pela moeda estrangeira é o do dia da compra de moeda, ao contrário dos cartões de crédito que definem o valor no fechamento da fatura, com posterior correção até o pagamento, podendo ter significativo aumento em caso de alta da cotação. Este aumento representa um gasto extra pós-viagem. Saiba mais sobre as vantagens dos cartões pré-pagos.

3 – Tente aproveitar os períodos de baixa temporada

Uma saída óbvia para pagar mais barato por uma viagem é aproveitar períodos de baixa temporada, onde os preços são visivelmente mais baratos.

4 – Esteja informado sobre as promoções

É impossível estar na internet o tempo todo observando todas as promoções. Algumas companhias e agências lançam promoções relâmpago a preços surpreendentes. Para não perder nenhuma delas, use ferramentas que te alertam quando estas promoções forem ao ar. O Voopter permite escolher a rota, o preço máximo que deseja pagar e receber alertas em seu e-mail. A Decolar.com também envia alertas de ofertas em seu site. A DS Câmbio & Vistos pode mantê-lo informado sobre as cotações.

5 – Compras pela internet como aliadas

Muitas atrações turísticas vendem entradas pela internet e permitem agendá-las para qualquer data, assim pode ser interessante comprar entradas quando estiverem em promoção ou em período de baixa temporada, agendando-as para sua data de viagem. Fique atento!

6 – Visite os sites dos outlets

Para estimular o consumidor, muitos outlets concedem cupons de desconto em seus sites. Basta uma rápida navegada para imprimir um cupom que lhe dará 30, 40% de desconto. É uma forma de economizar de maneira significativa nas suas comprinhas pelo exterior.

7 – Alugue uma casa

Viajar com o dólar em alta afeta também os gastos com hospedagem. Principalmente para viagens em grupo, alugar uma casa pode sair bem mais barato que pagar por diárias em hotéis. Se o destino for Orlando, por exemplo, o aluguel de uma casa pode representar economia de até 30% no valor da viagem. Para grupos a partir de 4 pessoas é possível se hospedar em uma casa em condomínio fechado, com três quartos, sala de jogos e piscina privativa por diárias a partir de US$19. É possivel alugar casas e apartamentos em vários dos principais destinos turísticos no mundo.

Ainda tem dúvida? Fale com a DS Câmbio e Vistos.

A DS Câmbio e Vistos é especializada em emissão de passaportes, vistos, legalizações de documentos, legalização de estrangeiros no país, seguro viagem e câmbio de moedas estrangeiras. Deixe que a DS cuide da parte burocrática da sua viagem, e se preocupe com o que realmente importa: a viagem.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *